Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LIMA (Reuters) - A popularidade do presidente do Peru Pedro Pablo Kuczynski subiu oito pontos porcentuais, para 30 por cento, em outubro em meio a um clima de distensão política com a oposição e uma campanha de futebol em que a seleção local ainda pode se qualificar para a próxima Copa do Mundo, revela pesquisa divulgada no domingo.

Além disso, de acordo com a Ipsos Peru, a desaprovação da gestão do presidente Kuczynski caiu para 62% em outubro, ante o pico de 72% atingido em setembro.

A aprovação de Kuczynski, de 79 ano, havia em setembro por denúncias de corrupção, greve de professores e um difícil confronto com o Congresso dominado pelo partido da oposição.

Para superar a turbulência política, Kuczynski nomeou seu vice-presidente e legislador influente Mercedes Aráoz como o novo chefe de gabinete e fez uma mudança parcial em sua equipe de governo.

(Reportagem de Marco Aquino)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters