Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Militares russos em veículos blindados em Kamensk-Shakhtinsky, na região de Rostov. 15/08/2014 REUTERS/Maxim Shemetov

(reuters_tickers)

KIEV (Reuters) - Artilharia ucraniana destruiu parte "significativa" de uma coluna de blindados russos que atravessou a fronteira da Ucrânia durante a noite, disse o presidente Petro Poroshenko ao primeiro-ministro britânico, David Cameron, nesta sexta-feira, de acordo com o site da Presidência.

Separadamente, um porta-voz militar ucraniano disse que forças da Ucrânia monitoraram uma coluna russa de blindados assim que entrou em solo ucraniano.

"Ações apropriadas foram tomadas e parte dela (coluna de blindados) não existe mais", disse o porta-voz militar Andriy Lysenko a jornalistas.

O site de Poroshenko disse que o presidente da Ucrânia e Cameron discutiram a situação por telefone após reportagens na imprensa britânica terem informado que uma coluna de blindados russos havia entrado em território ucraniano.

"O presidente disse que essa informação era confiável e confirmou, porque uma parte significativa deste equipamento foi destruída à noite pela artilharia ucraniana", disse o site.

Lysenko afirmou que a situação na zona de conflito está cada vez mais tensa, e forças ucranianas, que enfrentam separatistas pró-Rússia, também sofreram disparos de artilharia a partir do território russo.

(Por Richard Balmforth)

Reuters