Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Reuters) - O tribunal superior da Venezuela determinou processar a procuradora-geral, Luisa Ortega Díaz, informou o presidente do Poder Judiciário em uma carta à Assembleia Nacional Constituinte, que iniciou sua primeira sessão neste sábado.

Os 545 membros da assembleia, com poderes especiais sobre outras instituições do Estado, aprovaram por unanimidade a remoção de Ortega de seu cargo, num movimento que críticos dizem ser uma afronta à democracia.

(Reportagem de Corina Pons)

Reuters