Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - Pelo menos quatro pessoas foram mortas e sete ficaram feridas em ataques aéreos das forças sírias durante a noite contra montanhas e vales perto da cidade libanesa de Arsal, disseram fontes do setor de segurança na noite desta sexta-feira (horário local), no mais recente alastramento da violência para a área da fronteira sírio-libanesa.

As cinco incursões aéreas atingiram uma área perto de Arsal, região que manifesta simpatia pelos rebeldes majoritariamente muçulmanos sunitas que lutam para derrubar o presidente da Síria, Bashar al Assad, que faz parte da minoria muçulmana alauíta.

A violência vem se espalhando com frequência por áreas ao redor de Arsal. Em janeiro disparos de foguete da Síria mataram pelo menos sete pessoas na cidade e feriram 15.

O Líbano ficou dividido em linhas sectárias durante a guerra civil no país, de 1975 a 1990, e vem se empenhado para ficar fora do conflito de três anos no país vizinho, o qual está alimentando as tensões religiosas na região.

No Líbano grupos têm se dividido em linhas sectárias e o país tem enfrentado uma crescente onda de atentados nas últimas semanas, alguns deles na capital, Beirute.

(Por Sylvia Westall)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters