Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Bandeira de Camarões em Lyon, na França 26/06/2003 Action Images / Lee Smith

(reuters_tickers)

DUALA (Reuters) - Duas mulheres-bomba mataram ao menos 12 pessoas e deixaram mais de 40 feridos em uma pequena cidade no norte de Camarões perto da fronteira com a Nigéria na noite de quarta-feira, disseram à Reuters uma fonte graduada do Exército e uma autoridade local.

"Houve 14 mortes, incluindo as duas mulheres-bomba, e 42 feridos", disse um coronel responsável por remover os feridos, que pediu anonimato. "O ataque foi conduzido por uma mulher-bomba e a outra foi morta a tiros".

O ataque foi conduzido por duas mulheres que entraram em uma área movimentada no centro de Waza, que fica a 8 quilômetros da fronteira com a Nigéria, disse Midjiyawa Bakari, o governador da área onde aconteceu o incidente. Ele disse que 13 foram mortos e que 43 ficaram feridos. Um bebê está entre os mortos, afirmou.

Muitos ficaram severamente feridos e foram levados para hospitais próximos, afirmou.

Nenhum grupo reivindicou responsabilidade pelo ataque, mas a região tem sido alvo frequente de militantes do Boko Haram em sua tentativa de oito anos de estabelecer um califado islâmico para além da Nigéria.

(Reportagem de Josiane Kouagheu)

Reuters