Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Homenagem a vítimas em Las Ramblas, um dia após ataque em Barcelona 18/8/2017 REUTERS/Sergio Perez

(reuters_tickers)

MADRI (Reuters) - Dois ataques letais realizados na Catalunha na quinta-feira e na madrugada desta sexta-feira estavam planejados há algum tempo por pessoas operando na cidade de Alcanar, afirmou a polícia espanhola nesta sexta-feira.

Uma casa foi alvo de explosão em Alcanar pouco antes da meia-noite de quarta-feira, em um incidente que a polícia está agora relacionando com os ataques.

Três das pessoas presas até agora em conexão com os ataques são marroquinas e a quarta pessoa sob custódia é da Espanha, informou o chefe regional da polícia em coletiva de imprensa. Nenhum dos suspeitos tinha histórico de atividades relacionadas com terrorismo. Os presos têm entre 21 e 34 anos.

A polícia disse que ainda não identificou o motorista de uma van que atropelou pedestres na região central de Barcelona, antes de fugir a pé.

É possível que esse homem estivesse entre os cinco suspeitos mortos a tiros na cidade de Cambrils nesta sexta-feira, mas nada está certo por enquanto, disse o chefe da polícia.

(Reportagem de Julien Toyer)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters