Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

ADEN (Reuters) - Ataques de militantes em dois postos avançados do Exército no sul do Iêmen mataram pelo menos oito pessoas na manhã deste domingo, informaram autoridades locais, dois meses após o governo informara que tinha acabado com a área de combatentes da Al Qaeda.

O Iêmen, com a ajuda dos Estados Unidos, está lutando contra uma insurgência de militantes islâmicos, incluindo membros da Al-Qaeda na Península Arábica, que também planejaram ataques a aviões internacionais e outros alvos estrangeiros.

A área de Mahfad, na província de Abyan no sul Iêmen, foi palco de pesados combates ​​em maio entre o Exército e militantes em uma campanha do governo para recuperar.

Nesta manhã, dois postos avançados em Mahfad foram atacados por homens dirigindo carros-bomba.

Reuters