Reuters internacional

Policiais armados perto do Borough Market, depois que um ataque deixou 7 mortos no centro de Londres. 04/06/2017 REUTERS/Peter Nicholls

(reuters_tickers)

LONDRES (Reuters) - Os três ataques realizados por militantes islâmicos no Reino Unido nos últimos três meses foram em grande parte planejados internamente, e a maior parte da ameaça que o país enfrenta não vem do exterior, disse o chefe da polícia de Londres nesta segunda-feira.

"Todos os ataques recentes eu acho que têm principalmente um centro de gravidade interno", disse o comissário da polícia metropolitana, Cressida Dick, à rádio BBC.

"Nos cinco que frustramos e nesses três ataques recentes, em alguns deles há sem dúvida dimensões internacionais. Nós sempre vamos procurar para ver se alguma coisa foi direcionada do exterior, mas eu diria que a maior parte das ameaças que nós estamos enfrentando no momento não parece ser direcionada do exterior".

(Reportagem de William Schomberg)

Reuters

 Reuters internacional