Navigation

Ativistas climáticos reunidos em Trient lamentam recuo do gelo na Suíça

Este conteúdo foi publicado em 06. setembro 2020 - 18:41

Por Denis Balibouse

TRIENT, Suíça (Reuters) - Ativistas climáticos se reuniram na geleira Trient, na Suíça, neste domingo, para pedir às autoridades que tomem medidas para reduzir as emissões de CO2 e ressaltar o desaparecimento de plataformas de gelo e geleiras nos Alpes e outras regiões.

Mais de 200 pessoas se reuniram ao pé da geleira Trient, situada ao longo de uma das cadeias de montanhas mais altas da Europa Ocidental, o maciço do Monte Branco, para chamar a atenção para o impacto das mudanças climáticas na paisagem natural da Suíça.

O protesto aconteceu um dia antes de o Parlamento suíço começar a debater a nova legislação para reduzir as emissões de CO2.

Situada a uma altitude de 3.000-3.2000 metros, a geleira Trient já recuou mais de 1.000 metros nos últimos 30 anos.

A geleira Turtmann, na Suíça, no mesmo cantão de Trient, se dividiu em duas no mês passado, perdendo 300.000 metros cúbicos em um colapso dramático captado pelas câmeras. 

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.