Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

CAIRO (Reuters) - Uma autoridade do Hamas acusou Israel na quinta-feira (horário local) de violar a trégua recém-acordada, que tinha como objetivo garantir um fim duradouro para os combates na Faixa de Gaza, ao bombardear o enclave costeiro.

"Não há nenhuma violação da calma a partir de qualquer lado palestino e ninguém em Gaza ouviu disparos de foguetes", disse Izzat Reshiq, um oficial do Hamas que está no Cairo para as negociações do cessar-fogo.

"Nós denunciamos o bombardeio israelense de Gaza, que está em andamento. Isto é uma violação da calma."

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, ordenou que o Exército de Israel respondesse aos disparos de foguetes de Gaza momentos antes de uma trégua de três dias terminar nesta quarta-feira, disse uma autoridade israelense.

(Reportagem de Stephen Kalin)

Reuters