Navigation

Avião da Malásia não estava voando em espaço aéreo restrito, diz Iata

Separatistas armados pró-Rússia em local da queda de avião da Malaysia Airlines na Ucrânia. 17/07/2014 REUTERS/Maxim Zmeyev reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 17. julho 2014 - 20:12

LONDRES (Reuters) - A entidade mundial para o setor aéreo afirmou nesta quinta-feira que o avião de uma companhia aérea da Malásia abatido na Ucrânia parecia estar voando em espaço aéreo aberto quando caiu.

"Com base na informação disponível no momento, acredita-se que o avião atravessava espaço aéreo que não era sujeito a restrições", disse em comunicado a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês), com sede em Genebra.

(Reportagem de Tim Hepher)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.