Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - Aviões bombardearam uma área controlada por rebeldes ao leste de Damasco nesta quarta-feira, onde a Rússia havia declarado um cessar-fogo menos de 24 horas antes, deixando dezenas de feridos disseram moradores, rebeldes e o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

Não houve comentários imediatos dos militares sírios.

Na terça-feira, o Ministério da Defesa russo disse que um cessar-fogo havia sido acordado em Ghouta do Leste, na província de Damasco, até 20 de março. O Observatório informou que os ataques aéreos e de artilharia haviam atingido três cidades na região.

Um veículo de comunicação gerido pelo Hezbollah, aliado de Damasco, disse que a força aérea síria havia atingido jihadistas ligados ao ex-braço da al Qaeda na Síria na cidade de Irbeen e também em Qaboun.

Os militares sírios vêm fechando o certo em torno da área nos últimos meses, e as cidades na região têm visto uma intensificação das ações aéreas e dos combates nos últimos dias, segundo fontes da oposição.

Os militares e seus aliados buscam forçar os rebeldes a acordar uma trégua semelhante às que levaram a retirada de milhares de combatentes opositores para o norte do país.

(Por Tom Perry)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters