Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BOGOTÁ (Reuters) - A Avianca, uma das maiores companhias aéreas da América Latina, suspenderá os voos decolando da Venezuela e com destino ao país a partir de 16 de agosto por dificuldades operacionais e de segurança, informou a empresa nesta quarta-feira.

A Avianca <AVT_p.CN> deixará de operar dois voos diários nas rotas Bogotá-Caracas-Bogotá e mais um no itinerário Lima-Caracas-Lima.

A companhia aérea informou que suspendeu a partir desta quarta a venda de passagens para viagens para essas rotas marcadas para depois de 16 de agosto.

"Esta medida se sustenta na necessidade de adequar vários processos aos padrões internacionais, melhorar a infraestrutura aeroportuária na Venezuela e garantir a consistência das operações", disse a Avianca em comunicado.

"Não obstante, a Avianca examinará essa decisão assim que conhecer os resultados dos trabalhos técnicos que serão feitos pelas autoridades dos dois países para resolver esses impedimentos operacionais e de segurança", acrescentou.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Reuters