Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

KUALA LUMPUR (Reuters) - Navios da Marinha da Malásia buscavam resgatar neste domingo 31 pessoas, incluindo 28 turistas chineses, que estavam em um barco que afundou na costa de Bornéu, disseram autoridades marítimas e a mídia estatal chinesa.

Os passageiros estavam na água aguardando ajuda, disse o escritório do consulado geral da China em Kota Kinabalu, de acordo com a agência de notícias oficial chinesa Xinhua. Autoridades malaias não puderam confirmar imediatamente a informação.

O barco deixou Kota Kinabalu às 9:00, horário local (23:00 de sábado no horário de Brasília) a caminho da popular ilha turística de Mengalum, disseram autoridades malaias.

O clima ruim estava dificultando os esforços de buscas. "Estamos com fortes ventos e águas agitadas, disse o vice-diretor da Agência Marítima Malaia Sabah e Labuan, Rahim Ramli.

A Marinha, a polícia marítima e a força aérea da Malásia estavam envolvidas na busca, disse a agência em comunicado.

(Reportagem de Rozanna Latiff e Elias Glenn)

Reuters