Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BOSTON (Reuters) - As operações da base da Força Aérea de Hanscom, no Estado de Massachusetts nos Estados Unidos, voltaram ao normal na quinta-feira depois que uma vistoria que uma rotina em um caminhão que levava um carregamento à base mostrar evidências de explosivos, disseram autoridades.

Não houve relatos de feridos, ninguém foi preso e não há suspeitos de qualquer crime, segundo as autoridades.

A polícia do Estado de Massachusetts e agentes federais gastaram várias horas examinando o grande caminhão baú, com um portão da base fechada e partes dela esvaziadas enquanto esse exame era feito.

"Dado os tempos em que vivemos, operamos com muita cautela", disse o major Fran Leahy, da polícia estadual, em uma coletiva de imprensa após a liberação da base. "O que estamos tentando descobrir é como alguns traços de materiais explosivos apareceram neste caminhão."

Alguns materiais da carga do caminhão foram levados ao laboratório da Polícia Estadual para estudo posterior, disse Leahy. O caminhão estava transportando os bens de um funcionário da base que recentemente se mudou para um novo emprego, disseram autoridades.

Aproximadamente 10 mil pessoas, incluindo militares e civis, trabalham na propriedade em Bedford, Massachusetts, que abriga unidades que supervisionam operações de aquisição, segurança digital e algumas operações nucleares.

(Reportagem de Scott Malone)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters