Reuters internacional

MOSCOU (Reuters) - A base aérea da Rússia na província síria de Latakia e sua unidade naval em Tartus são protegidas por sistemas de defesa antimísseis S-300 e S-400, disse um parlamentar russo nesta sexta-feira, de acordo com a agência de notícias russa RIA.

"Os complexos de mísseis S-300 e S-400... garantem de forma adequada a segurança de nossas Forças Armadas em solo, assim como no mar e no ar", disse Viktor Ozerov, chefe do comitê de defesa e segurança da câmara alta do Parlamento russo.

(Reportagem de Katya Golubkova)

Reuters

 Reuters internacional