Reuters internacional

Bosasso (Reuters) - Um veículo militar atingiu uma bomba na estrada da região autônoma de Puntland, na Somália, matando ao menos seis soldados e ferindo outros oito, disse um militar à Reuters.

O grupo islâmico al Shabaab, ligado à al Qaeda, reivindicou a responsabilidade pelo ataque, que aconteceu nos arredores da cidade portuária de Bosasso.

Al Shabaab está lutando para derrubar o governo do país apoiado por líderes ocidentais.

O grupo também quer expulsar da Somália a força de manutenção de paz AMISOM, da União Africana, que ajuda a defender o governo central do país.

Mohamed Ibrahim, major do exército de Puntland, disse à Reuters que o veículo, uma caminhonete, era das montanhas de Gálgala, a cerca de 40 quilômetros a sudoeste de Bosasso.

(Por Abdiqani Hassan e Feisal Omar)

Reuters

 Reuters internacional