Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Uma aeronave EP-3E Aries da Marinha dos Estados Unidos 25/09/2017 Força Aérea dos Estados Unidos/Rhiannon Willard/Divulgação via REUTERS

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - Dois caças chineses interceptaram um avião de vigilância da Marinha dos Estados Unidos sobre o Mar do Leste da China durante o final de semana, com um chegando a até 91 metros da aeronave dos EUA, disseram duas autoridades norte-americanas à Reuters nesta segunda-feira.

As autoridades disseram que relatórios iniciais mostraram que uma das aeronaves chinesas J-10 se aproximou de um avião EP-3 dos Estados Unidos no domingo, fazendo com que a aeronave norte-americana mudasse de direção. As autoridades falaram sob condição de anonimato, porque não estão autorizadas a discutir publicamente o assunto.

Uma das autoridades disse que o jato chinês estava equipado com armas e que o incidente aconteceu a 148 km da cidade chinesa de Qingdao.

Incidentes como a intercepção de domingo não são incomuns.

Em maio, duas aeronaves chinesas SU-30 interceptaram um avião norte-americano configurado para detectar radiação, enquanto voava no espaço aéreo internacional sobre o Mar do Leste da China.

A China desconfia profundamente de qualquer atividade militar dos EUA em seu litoral.

(Reportagem de Idrees Ali)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters