Por Maggie Fick

ADDIS ADEBA (Reuters) - Uma análise dos dados das caixas-pretas de um avião da Ethiopian Airlines que caiu na semana passada matando todas as 157 pessoas a bordo mostrou "semelhanças claras" com o acidente da Lion Air em outubro, disse um porta-voz do Ministério dos Transportes da Etiópia.

Ambos os aviões eram do modelo Boeing 737 MAX 8s, e os dois caíram minutos após a decolagem depois de os pilotos reportarem problemas com os controles das aeronaves.

Preocupações com a segurança dos aviões fizeram com que autoridades da aviação de todo o mundo pedissem que o modelo saísse de operação, o que causou a perda de milhões de dólares da fabricante em valor de mercado.

“É o mesmo caso do acidente com o avião da Indonésia. Há claras similaridades entre as duas quedas até agora”, disse o porta-voz Muse Yiheyis à Reuters.

“Os dados foram recuperados com sucesso. Isso foi validado pela nossa equipe e o time americano. O ministro agradeceu ao governo francês. Daremos mais detalhes em três ou quatro dias”.

Um relatório preliminar sobre o acidente deve ser divulgado em 30 dias, informou o Wall Street Journal, citando o ministro.

(Reportagem de Rishika Chatterjee em Bengaluru)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.