Reuters internacional

Pessoas foram mortas atropeladas por um caminhão que invadiu uma loja de departamento no centro de Estocolmo, na Suécia. 07/04/2017 TT News Agency/Anders Wiklund/via REUTERS

(reuters_tickers)

ESTOCOLMO (Reuters) - Um caminhão atropelou uma multidão em uma rua de compras e invadiu uma loja de departamentos no centro de Estocolmo nesta sexta-feira deixando três mortos, disse a polícia.

O primeiro-ministro, Stefan Lofven, disse que tudo indica que o acidente foi um ataque terrorista, de acordo com a agência de notícias nacional TT.

Uma parte do centro de Estocolmo foi bloqueada e a área foi esvaziada. Um grande número de policiais e serviços de emergência estavam na cena.

"Eu vi pelo menos três mortos, mas provavelmente há mais", disse o repórter da Rádio Sweden, Martin Svenningsen.

A agência TT informou que a polícia confirmou três mortes.

Uma testemunha da Reuters viu lençóis cobrindo o que pareciam ser corpos na cena do acidente.

Diversos ataques em que caminhões ou carros atropelaram multidões aconteceram na Europa no último ano. Em 2010, a Al Qaeda pediu que seus seguidores usassem caminhões como armas.

Em Londres, no dia 22 de março desse ano, um homem atropelou pedestres com um carro na ponte de Westminster, matando quatro, e depois esfaqueou um policial até a morte antes de ser atingido por um tiro pela polícia.

O Estado Islâmico reivindicou responsabilidade tanto pelo ataque em Nice, na França, em julho do ano passado, quando um caminhão deixou 86 mortos durante uma celebração do dia da Bastilha, quanto pelo ataque em Berlim, em dezembro, quando um caminhão invadiu um mercado de natal, deixando 12 mortos.

(Reportagem da Redação de Estocolmo)

Reuters

 Reuters internacional