Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Nerijus Adomaitis e Stephanie Nebehay

OSLO/GENEBRA (Reuters) - O Comitê Norueguês do Nobel concedeu nesta sexta-feira o prêmio Nobel da Paz a um grupo internacional pouco conhecido que faz campanha pelo fim de armas nucleares, advertindo contra o crescente risco de uma guerra nuclear.

A Campanha Internacional para a Abolição de Armas Nucleares (Ican) se descreve como uma coalizão de grupos não governamentais com representação em mais de 100 nações. A organização começou na Austrália e foi lançada oficialmente em Viena em 2007.

"Nós vivemos em um mundo onde o risco de armas nucleares serem usadas é maior do que tem sido há muito tempo", disse Berit Reiss-Andersen, líder do Comitê Norueguês do Nobel, ao anunciar o ganhador do prêmio.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters