Navigation

CanSino iniciará Fase 3 do teste de vacina contra Covid-19 na Arábia Saudita

Este conteúdo foi publicado em 09. agosto 2020 - 20:21

DUBAI (Reuters) - A Arábia Saudita começará em breve a Fase 3 de testes clínicos em cerca de 5.000 pessoas para uma vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela chinesa CanSino Biologics Inc, informou um porta-voz do Ministério da Saúde saudita neste domingo.

No mês passado, o cofundador da CanSino disse que a empresa estava em negociações com Rússia, Brasil, Chile e Arábia Saudita para lançar a Fase 3 do estudo da candidata a vacina, Ad5-nCOV.

A vacina usa um vírus inofensivo do resfriado conhecido como adenovírus tipo 5 (Ad5) para transportar material genético do coronavírus para o corpo.

Os pesquisadores disseram no mês passado que a vacina da CanSino, desenvolvida em conjunto com a unidade de pesquisa militar da China, parecia ser segura e induzia respostas imunológicas na maioria dos indivíduos.

A Arábia Saudita planeja testar a vacina junto com um placebo em 5.000 voluntários e atualmente está preparando testes nas cidades de Riad, Damã e Meca, disse a agência de notícias estatal saudita SPA no sábado.

A candidata da CanSino se tornou a primeira na China a passar para testes em humanos em março, mas outras vacinas em potencial desenvolvidas pela Sinovac Biotech e uma unidade do China National Pharmaceutical Group (Sinopharm) já foram aprovadas para testes da Fase 3 no exterior.

A vacina da Sinovac começou a ser testada com voluntários no Brasil no mês passado.

(Reportagem de Nafisa Eltahir)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.