Reuters internacional

Cantora Ariana Grande em Beverly Hills, na Califórnia. 02/08/2016 REUTERS/Phil McCarten

(reuters_tickers)

Por Dan Whitcomb

LOS ANGELES (Reuters) - A cantora pop norte-americana Ariana Grande disse na madrugada desta terça-feira estar "destruída", poucas horas depois de uma explosão matar 22 pessoas e deixar dezenas de feridos em seu show em Manchester, na Inglaterra.

Em seu primeiro comentário desde que uma bomba foi detonada do lado de fora da Arena de Manchester no final de sua apresentação, Ariana disse no Twitter: "Destruída. Do fundo do meu coração, eu sinto muito. Eu não tenho palavras".

Representantes de Ariana disseram que a cantora de 23 anos está fisicamente "bem" após a explosão, que autoridades briânicas dizem estar sendo tratada como um ataque terrorista.

Ariana Grande estava se apresentando em Manchester durante a escala europeia de sua turnê para promover seu mais recente álbum, "Dangerous Woman".

Reuters

 Reuters internacional