Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policiais trabalham perto de cena onde soldados franceses foram atropelados por veículo, no subúrbio parisiense de Levallois-Perret 09/08/2017 REUTERS/Benoit Tessier

(reuters_tickers)

Por Benoit Tessier e Johnny Cotton

PARIS (Reuters) - Um carro atropelou um grupo de soldados em um subúrbio de Paris nesta quarta-feira, deixando seis feridos, e o motorista fugiu em seguida, no que o prefeito da região chamou de um ato deliberado.

O prefeito de Levallois-Perret, Patrick Balkany, disse que o carro, uma BMW, estava estacionado em um beco antes de avançar em direção aos soldados enquanto os militares deixaram seu quartel para assumir postos de patrulha.

A polícia disse que dois dos seis soldados ficaram gravemente feridos.

Falando à emissora BFM TV, Balkany disse que o que ele chamou de um ato "nojento" de agressão foi "sem nenhuma dúvida" premeditado.

"Tudo aconteceu muito rapidamente. O veículo não parou. Ele se chocou com eles... ele acelerou rapidamente". Os soldados foram levados para hospitais, acrescentou.

Reuters