Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Funcionários de serviços de emergência observam veículo que invadiu sala de aula em Sydney, na Austrália 07/11/2017 AAP/Dean Lewins/via REUTERS

(reuters_tickers)

SYDNEY (Reuters) - Um carro invadiu uma sala de aula em Sydney nesta terça-feira, matando dois meninos de oito anos e ferindo gravemente três crianças, disse a polícia da Austrália.

A polícia acredita ter sido um acidente, não um ataque deliberado.

Uma SUV se chocou com a parede de madeira da escola localizada no oeste de Sydney, onde 24 alunos do ensino fundamental estavam na sala de aula com sua professora, informou a polícia em um comunicado.

Três meninas, duas de oito anos e uma de nove, estão hospitalizadas em estado grave ou estável. Outras 17 crianças e sua professora receberam tratamento para ferimentos leves.

A polícia disse que a motorista de 52 anos, que não se feriu, foi levada a um hospital para fazer exames de sangue e urina e mais tarde recebeu duas acusações de condução perigosa.

Imagens de televisão mostraram o carro batendo na parede e parando completamente dentro da sala de aula, que estava decorada com desenhos e pinturas dos alunos.

"Obviamente foi um cenário sangrento", disse a superintendente de ambulâncias estaduais de Nova Gales do Sul, Stephanie Radnidge, aos repórteres diante da escola.

O comissário-assistente interino da polícia de Nova Gales do Sul, Stuart Smith, disse que a polícia "não está encarando isto como um ato intencional, é uma investigação de uma colisão".

A motorista foi solta sob fiança e terá que comparecer ao tribunal em 29 de novembro, segundo um comunicado policial.

(Por Tom Westbrook)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters