Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - A Casa Branca disse neste domingo que o presidente Donald Trump estava condenando todas as formas de "violência, intolerância e ódio" quando falou sobre os confrontos em Charlottesville, incluindo "supremacistas brancos, Ku Klux Klan, neo-nazistas e todos os grupos extremistas", após críticas por não ter nomeado esses grupos especificamente.

"O presidente disse de maneira muito forte em sua declaração no sábado que ele condena todas as formas de violência, intolerância e ódio, e claro que isso inclui os supremacistas brancos, a KKK, neo-Nazi e todos os grupos extremistas", disse o porta-voz da Casa Branca.

"Ele pediu união nacional e que todos os americanos estejam unidos."

( Reportagem de Ginger Gibson )

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters