Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - A Casa Branca não descartou neste domingo que o secretário de Justiça dos Estados Unidos, Jeff Sessions, pode se recusar de investigações do Departamento de Justiça sobre envolvimento russo na eleição presidencial de 2016.

Sarah Huckabee Sanders, vice-secretária de imprensa da Casa Branca, disse que investigações do Congresso sobre envolvimento russo na eleição presidencial de 2016 terão que seguir o curso antes que Sessions, que foi assessor sênior de Trump durante a campanha, necessite decidir se irá se afastar das investigações do FBI.

"Não estava dizendo que ele deve ou não se recusar", disse Sanders ao programa "This Week", da rede ABC. "Meu ponto é que não penso que já estamos lá. Vamos trabalhar neste processo".

Democratas têm pressionado por uma investigação independente sobre ligações entre a equipe da campanha de Trump e autoridades russas.

O FBI e agências da inteligência dos EUA estão investigando operações russas de espionagem nos EUA. Elas também estão investigando contatos na Rússia entre autoridades da inteligência russa ou outros com laços ao governo do presidente Vladimir Putin e pessoas ligadas a Trump ou sua campanha.

No sábado, o Washington Post relatou que o governo Trump tentou recrutar autoridades da inteligência e parlamentares para rejeitarem as histórias sobre contatos russos.

(Por Doina Chiacu)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters