Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas deslocadas internamente que fugiram da cidade de Raqqa com seus pertences, na Síria. 19/05/2017 REUTERS/Rodi Said

(reuters_tickers)

GENEBRA (Reuters) - Cerca de meio milhão de sírios retornaram para casa neste ano, incluindo 440 mil pessoas deslocadas internamente e mais de 31 mil voltando de países vizinhos, informou a agência da Organização das Nações Unidas para os refugiados, nesta sexta-feira.

A maioria dos sírios voltou para Aleppo, Hama, Homs e Damasco, acreditando que a segurança melhorou em algumas partes do país, afirmou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

"Essa é uma tendência significativa e um número significativo", disse o porta-voz do Acnur, Andrej Mahecic, em uma coletiva de imprensa em Genebra.

"A maioria dessas pessoas está retornando para checar suas propriedades, para saber sobre membros de sua família... Eles têm sua própria percepção sobre a situação de segurança, sobre melhoras reais ou percebidas nas áreas para onde estão voltando".

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters