Reuters internacional

MOSCOU (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Rússia afirmou neste sábado que não discutiu a demissão do ex-diretor do FBI James Comey com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump, segundo a agência de notícias Interfax.

"Nós não tocamos neste assunto", disse Lavrov, de acordo coma Interfax.

O New York Times divulgou reportagem segundo a qual Trump teria dito a Lavrov e ao embaixador russo Sergei Kislyak, em reunião na semana passada na Casa Branca, que a demissão de Comey aliviou "a grande pressão" que o presidente enfrentava sobre apuração sobre intromissão russa nas eleições presidenciais de 2016.

Comey, que era o responsável pelas investigações, foi demitido por Trump no dia 9 deste mês.

( Reportagem de Katya Golubkova )

Reuters

 Reuters internacional