Navigation

Chef de sushi no Japão usa entregadores fisiculturistas para impulsionar vendas

12/05/2020 REUTERS/Issei Kato reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. setembro 2020 - 15:32

TÓQUIO (Reuters) - Um restaurante de sushi no centro do Japão está tentando aumentar a demanda durante a pandemia de coronavírus enviando fisiculturistas sem camisa para entregar comida aos clientes.

O serviço apelidado de "Delivery Macho" foi criado pelo chef do restaurante Imazushi Masanori Sugiura, de 41 anos, que também é um fisiculturista de competição.

Sugiura recrutou seus amigos que trabalhavam em academias de ginástica para trabalhar como entregadores de sushi, pois estavam desempregados durante a pandemia.

A única condição é que os clientes gastem no mínimo 7 mil ienes (66 dólares) para sentir o gostinho do delivery macho.

A promoção tem sido uma sensação no Twitter, e Sugiura recebe até 10 pedidos por dia com ganhos mensais pelo serviço de cerca de 1,5 milhão de ienes.

(Reportagem de Rocky Swift e Akiko Okamoto)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.