Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente da Ucrânia, Poroshenko, e secretário-geral da Otan, Rasmussen, em Kiev. 07/08/2014 REUTERS/Mykola Lazarenko /Presidência da Ucrânia/Divulgação via Reuters

(reuters_tickers)

KIEV (Reuters) - O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, fez um apelo na quinta-feira para que a Rússia retire suas tropas da fronteira com a Ucrânia e "recue da beira do precipício".

Falando em Kiev depois de a Otan afirmar na quarta-feira que a Rússia tinha reunido 20 mil militares perto da fronteira e poderia estar planejando uma invasão por terra no país vizinho, Rasmussen disse que a Rússia "não deve usar uma força de paz como desculpa para fazer guerra".

Reuters