Reuters internacional

Rex Tillerson 12/04/2017 REUTERS/Sergei Karpukhin

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - A China disse aos Estados Unidos que advertiu Pyongyang de que vai impor "ações de sanções por conta própria" contra a Coreia do Norte caso o país realize outro teste nuclear, disse o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, nesta quinta-feira.

Tillerson também afirmou à Fox News que os relatórios de inteligência norte-americanos sugerem que o líder norte-coreano Kim Jong Un "não é louco", indicando que ele seria um ator racional que poderia estar negociando, num momento em que a comunidade internacional busca controlar os programas nuclear e de mísseis de Pyongyang.

Os comentários de Tillerson sugerem que os esforços do presidente dos EUA, Donald Trump, que realizou uma cúpula com o presidente chinês Xi Jinping no início deste mês, podem ter levado à ameaça mais dura da China sobre tomar medidas contra sua vizinha e aliada Coreia do Norte.

(Reportagem de Eric Beech e David Brunnstrom)

Reuters

 Reuters internacional