Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Visão geral do centro financeiro de Xangai, na China 14/03/2017 REUTERS/Aly Song

(reuters_tickers)

PEQUIM (Reuters) - O Ministério do Comércio da China informou nesta quinta-feira que empresas ou joint ventures da Coreia do Norte no país serão fechadas dentro de 120 dias após as mais recentes sanções da Organização das Nações Unidas, aprovadas em 12 de setembro.

Joint ventures chinesas no exterior com entidades norte-coreanas ou com pessoas também serão fechadas, disse o ministério em comunicado em seu site, sem dar um cronograma.

O Conselho de Seurança da ONU votou de forma unânime em 12 de setembro para ampliar as sanções à Coreia do Norte, banindo suas exportações de têxteis e limitando a oferta de combustíveis.

A ação da ONU foi provocada pelo sexto e maior teste nuclear da Coreia do Norte realizado neste mês. Foi a nona resolução do Conselho de Segurança envolvendo sanções devido aos programas de mísseis balísticos e nuclear da Coreia do Norte desde 2006.

(Reportagem de Christian Shepherd)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters