Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Líder norte-coreano, Kim Jong Un, assiste lançamento de míssil Hwasong-12 em foto divulgada pela agência de notícias oficial da Coreia do Norte, KCNA 16/09/2017 KCNA via REUTERS

(reuters_tickers)

PEQUIM (Reuters) - A China disse nesta terça-feira que uma guerra na península coreana não terá nenhum vencedor, depois que o ministro de Relações Exteriores norte-coreano disse que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou guerra à Coreia do Norte e que Pyongyang tem o direito de tomar contramedidas.

O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores chinês Lu Kang disse que Pequim espera que políticos dos EUA e da Coreia do Norte possam perceber que recorrer a meios militares nunca será uma saída viável.

A China também reprovou a escalada da guerra de palavras entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, disse Lu em coletiva de imprensa em Pequim.

(Reportagem de Christian Shepherd)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters