Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Líder norte-coreano, Kim Jong Un, assiste lançamento de míssil Hwasong-12 em foto divulgada pela agência de notícias oficial da Coreia do Norte, KCNA 16/09/2017 KCNA via REUTERS

(reuters_tickers)

PEQUIM (Reuters) - A China disse nesta terça-feira que uma guerra na península coreana não terá nenhum vencedor, depois que o ministro de Relações Exteriores norte-coreano disse que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou guerra à Coreia do Norte e que Pyongyang tem o direito de tomar contramedidas.

O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores chinês Lu Kang disse que Pequim espera que políticos dos EUA e da Coreia do Norte possam perceber que recorrer a meios militares nunca será uma saída viável.

A China também reprovou a escalada da guerra de palavras entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, disse Lu em coletiva de imprensa em Pequim.

(Reportagem de Christian Shepherd)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters