Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi 25/07/2017 REUTERS/Erik De Castro

(reuters_tickers)

Por Michael Martina

PEQUIM (Reuters) - O governo chinês elogiou nesta quinta-feira os comentário do secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, de que os EUA não buscam derrubar o regime norte-coreano e gostariam de dialogar com Pyongyang em algum momento, afirmando que a China sempre foi a favor de conversações.

Tillerson reiterou que Washington busca convencer a Coreia do Norte a abandonar seus programas de mísseis e armas nucleares por meio de pressão pacífica.

Os EUA não desejam uma mudança de regime, a queda do regime ou uma reunificação acelarada da península, nem uma desculpa para enviar militares norte-americanos à Coreia do Norte, disse Tillerson.

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, em entrevista a jornalistas, disse que seu país "vê grande importância" nas declarações de Tillerson.

Os Estados Unidos têm recentemente prestado mais atenção à segurança na península coreana, e a China sempre acreditou que segurança é a chave para resolver o problema, acrescentou.

A Coreia do Norte afirma que precisa de uma força militar potente para impedir que os Estados Unidos a ataquem.

Reuters