HARARE (Reuters) - Pelo menos 31 pessoas morreram no leste do Zimbábue, e dezenas estão desaparecidas, enquanto casas e pontes foram varridas por uma tempestade tropical, segundo a televisão pública do país neste sábado.

O ciclone Idai, que trouxe enchentes e destruição a áreas de Moçambique e Malauí, atingiu o Zimbábue na sexta-feira, cortando a energia e comunicações.

Imagens publicadas no Twitter e veiculadas na televisão mostraram estradas, casas e pontes destruídas, enquanto torres de comunicação foram derrubadas, e cabos de eletricidade bloquearam estradas no distrito de Chimanimani, 410 quilômetros ao leste da capital Harare.

A televisão pública ZBC disse que 31 pessoas morreram no distrito, e mais de 70 estão desaparecidas.

(Por MacDonald Dzirutwe)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.