Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BUENOS AIRES (Reuters) - A coalizão governista da Argentina lidera as intenções de voto para as eleições legislativas de 22 de outubro no principal distrito país, em que a ex-presidente Cristina Kirchner busca retornar ao centro da cena política, segundo pesquisas divulgadas neste domingo.

Depois que Cristina --que concorre ao cargo de senadora-- conseguiu uma pequena diferença a seu favor nas primárias de agosto na influente província de Buenos Aires, onde estão quase 40 por cento dos eleitores do país, a coligação governista poderia reverter o resultado neste mês.

De acordo com uma pesquisa da Management & Fit, à qual a Reuters teve acesso, e outra pesquisa da Poliarquía para o jornal La Nación, o candidato governista Esteban Bullrich estaria em vantagem, com uma diferença entre 2,5 e 4,3 pontos da ex-presidente.

Bullrich, ministro da Educação no governo de centro-direita de Maurício Macri, ganharia 33,9 por cento dos votos na província de Buenos Aires, em comparação com 29,6 por cento da antiga líder de centro-esquerda e 11,7 por cento do peronista dissidente Sergio Massa, de acordo com a Management & Fit.

A pesquisa da Poliarquia, por sua vez, coloca Bullrich com 37,7 por cento, Cristina com 35,2 por cento e Massa com 12,2 por cento, informou o La Nación.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters