PEQUIM (Reuters) - O colapso de uma mina de carvão no noroeste da província chinesa de Shaanxi matou 21 mineiros no sábado, reportou o jornal estatal People’s Daily neste domingo.

O acidente é o mais fatal reportado neste ano na indústria de carvão da China, conhecida por sua baixa segurança.

O colapso ocorreu na mina da Baiji Mining chamada Lijiagou, na cidade de Shenmu. Segundo o People’s Daily, 87 pessoas ficaram soterradas.

Sessenta e seis mineiros foram resgatados, mas 21 ficaram presos, segundo reportou o jornal.

Algumas empresas de mineração em grandes centros de carvão nas províncias de Shandong e Henan e partes do nordeste da China receberam notícias da Administração Nacional de Segurança de Minas de Carvão pedindo que interrompessem as operações para inspeções que vão durar até junho, reportou o Shanghai Securities News, na sexta-feira.

No domingo, a agência de notícias Xinhua afirmou que a província de Shanxi, que faz fronteira com Shaanxi, também realizaria inspeções em minas de carvão de alto risco.

(Por Tom Daly e Coco Li) 

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.