Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Francois Murphy

VIENA (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Áustria assumiu o cargo de líder do principal partido conservador do país neste domingo e pediu por urgentes eleições parlamentares que o chanceler de centro-esquerda, Christian Kern, já admitiu serem inevitáveis.

O partido Social Democrata (SPO) de Kern e o conservador Partido Popular Austríaco (OVP) do ministro Sebastian Kurz são parceiros de coalizão e dominam a política austríaca há décadas, mas estão agora em vias de uma cisão.

Uma eleição antecipada daria ao Partido da Liberdade (FPO), da extrema-direita e atualmente líder nas pesquisas de opinião, uma boa chance de entrar no governo nacional menos de um ano depois que seu candidato perdeu uma eleição presidencial.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters