Reuters internacional

Por Richard Cowan

WASHINGTON (Reuters) - O Congresso dos Estados Unidos, liderado pelo Partido Republicano, impediu uma paralisação do governo norte-americano nesta sexta-feira, dando a parlamentares outra semana para trabalharem em gastos federais até 30 de setembro, com assuntos complicados, como gastos em defesa, ainda sem resolução.

O Senado aprovou uma medida paliativa sem oposição após a Câmara aprová-la anteriormente por 382 votos a favor e 30 contra. A medida agora segue para que o presidente republicano Donald Trump transforme em lei, evitando a paralisia de muitas partes do governo federal no sábado, seu 100º dia na Presidência.

O projeto de lei determina financiamentos federais até o final de 5 de maio, permitindo que parlamentares elaborem legislação nos próximos dias para manter verbas até o resto do ano fiscal, que termina em 30 de setembro.

Reuters

 Reuters internacional