Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - Uma conselheira do presidente sírio, Bashar al-Assad, disse em uma entrevista à TV nesta terça-feira que os Estados Unidos e a Turquia estão em terra síria ilegalmente e que o governo sírio vai tratá-los como "países invasores".

Bouthaina Shaaban afirmou que o governo sírio não desistirá da cidade de Raqqa, que foi liberada do Estado Islâmico no mês passado pelas forças democráticas sírias apoiadas pelos EUA, acrescentando que o que aconteceu no Curdistão iraquiano "deveria ser uma lição" para as forças curdas.

(Reportagem de Sarah Dadouch)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters