Navigation

Conselho de Segurança da ONU analisa resolução sobre acesso à área do acidente aéreo na Ucrânia

Este conteúdo foi publicado em 20. julho 2014 - 15:18

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O Conselho de Segurança das Nações Unidas analisa um projeto de resolução para condenar a "derrubada" do avião da Malásia Airlines na Ucrânia em que demanda aos grupos armados acesso ao local do acidente e pede aos estados da região para cooperar com as investigações internacionais.

A Austrália, que perdeu 28 cidadãos, distribuiu um texto preliminar a que a Reuters teve acesso aos 15 membros do Conselho de Segurança na última hora do sábado. Diplomatas que falaram sob condição de anonimato disseram que o texto por ser submetido a votação nesta segunda-feira.

O projeto "exige que os responsáveis pelo acidente respondam por ele e que todos os estados cooperem plenamente com os esforços para estabelecer as responsabilidades".

A resolução "condena nos termos mais enérgicos a derrubada do avião da Malásia Airlines... que resultou na trágica perda de 298 vidas" e "exige que todos os estados e outros atores da região se abstenham de realizar atos de violência dirigidos a aviões civis".

Os Estados Unidos e outras potências tem dito que o avião foi derrubado provavelmente por um míssil terra-ar lançado de território rebelde.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.