Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas provavelmente se reunirá na sexta-feira, a pedido de oito Estados do órgão de 15 membros, sobre a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel, disseram diplomatas nesta quarta-feira.

O pedido ao secretário-geral da ONU, António Guterres, de reunir o Conselho de Segurança foi feito por França, Bolívia, Egito, Itália, Senegal, Suécia, Reino Unido e Uruguai, segundo diplomatas.

Trump reverteu abruptamente décadas de política externa dos EUA na quarta-feira, gerando indignação de palestinos e desafiando alertas de distúrbios no Oriente Médio. Trump também planeja transferir a embaixada dos Estados Unidos de Tel Aviv para Jerusalém.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters