Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Chanceler da Alemanha, Angela Merkel. 24/02/2017 REUTERS/Hannibal Hanschke

(reuters_tickers)

BERLIM (Reuters) - O bloco conservador da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, ficou à frente do Partido Social Democrata (SPD), de centro-esquerda, em uma pesquisa de opinião publicada nesta sexta-feira, sete meses antes da eleição nacional, que deve ser acirrada.

A pesquisa de opinião Ipsos colocou o bloco conservador com 32 por cento, enquanto o SPD, que cresceu nas semanas recentes após a nomeação do ex-presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz como candidato, ficou com 30 por cento.

O anti-imigração Alternativa para a Alemanha (AfD) ficou em terceiro, com 12 por cento. O Linke, de extrema-esquerda, ficou com 10 por cento, enquanto os Verdes somaram 7 por cento e o pró-empresas Partido Democrático Liberal (FDP) teve 5 por cento.

A pesquisa com 1.045 entrevistados foi realizada entre 17 e 20 de fevereiro.

(Reportagem de Michelle Martin)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters