Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ministro de Relações Exteriores norte-coreano, Ri Yong-ho, fala com a mídia em Nova York 25/09/2017 REUTERS/Shannon Stapleton

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - O ministro de Relações Exteriores norte-coreano disse nesta segunda-feira que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou guerra contra a Coreia do Norte e que Pyongyang tem o direito de tomar contramedidas, incluindo derrubar bombardeiros estratégicos dos EUA, mesmo se eles não estiverem no espaço aéreo do país.

"Todo o mundo deve lembrar claramente que foram os Estados Unidos que primeiro declararam guerra contra o nosso país", disse o ministro de Relações Exteriores norte-coreano, Ri Yong Ho, a repórteres, em Nova York.

"Uma vez que os Estados Unidos declararam guerra contra o nosso país, nós teremos todo o direito de tomar contramedidas, incluindo o direito de derrubar bombardeiros estratégicos dos Estados Unidos, mesmo quando eles não estiverem dentro da fronteira do espaço aéreo do nosso país".

(Reportagem de Michelle Nichols)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters