Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte vai desenvolver um plano até meados de agosto para disparar mísseis de médio alcance ao território de Guam, pertencente aos Estados Unidos, antes de apresentá-lo ao líder Kim Jong Un, que decidirá se seguirá adiante com o ataque, disse a agência de notícias estatal norte-coreana nesta quinta-feira.

"Os mísseis Hwasong-12 que serão lançados pelo Exército Popular da Coreia cruzarão o céu sobre as áreas japonesas de Shimane, Hiroshima e Koichi", disse a agência, citando o general Kim Rak Gyom, comandante da força estratégica do Exército norte-coreano.

"Eles voarão 3.356,7 quilômetros por 1.065 segundos e atingirão as águas a 30 a 40 quilômetros de distância de Guam."

A Coreia do Norte afirmou ainda que os comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre "fogo e fúria" feitos nesta semana são completamente sem sentido e acrescentou que somente a "força absoluta pode funcionar com ele".

(Reportagem de Christine Kim e Soyoung Kim)

Reuters