Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Líder norte-coreano, Kim Jong Un, observa lançamento do míssil Hwasong-12 em foto sem data divulgada pela KCNA 16/9/2017 KCNA via REUTERS

(reuters_tickers)

SEUL (Reuters) - Quanto mais sanções os Estados Unidos e seus aliados impuserem contra a Coreia do Norte, mais rápido Pyongyang se moverá para completar seus planos nucleares, afirmou um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, nesta segunda-feira, segundo a agência de notícias estatal norte-coreana, a KCNA.

As sanções mais recentes impostas pelo Conselho de Segurança da ONU representam "o mais cruel, antitético e desumano ato de hostilidade para exterminar fisicamente a população da Coreia do Norte, em especial seu sistema e governo", disse o porta-voz, de acordo com a KCNA.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução elaborada pelos Estados Unidos na semana passada autorizando novas sanções mais rígidas contra Pyongyang, que incluem a proibição das exportações de produtos têxteis do país e limitando as importações de petróleo.

(Reportagem de Soyoung Kim)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters