Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

SEUL E WASHINGTON (Reuters) - A Coreia do Norte disse neste domingo que pode testar a qualquer momento o lançamento de um míssil intercontinental de qualquer localização estipulada pelo líder Kim Jong Un, atribuindo seu desenvolvimento armamentista à política hostil dos Estados Unidos.

Em 1º de janeiro, Kim já havia sugerido que o país estava perto de testar o lançamento de um míssil. "O míssil balístico intercontinental será lançado a qualquer momento e de qualquer lugar da República Democrática Popular da Coreia", disse um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Sul à agência estatal de notícias KNCA.

Na quinta-feira, os EUA informaram que a Coreia do Norte havia demonstrado melhora "qualitativa" em suas capacidades nucleares após um nível de testes sem precedentes no ano passado.

Segundo especialistas, embora a Coreia do Norte possa estar perto de testar o lançamento do míssil balístico, provavelmente levaria anos para aperfeiçoar a arma.

Neste domingo, o secretário de Defesa dos EUA, Ash Carter, disse que as capacidades nucleares e os programas de mísseis de defesa da Coreia do Norte constituem uma "séria ameaça" ao seu país.

Os EUA estão preparados para derrubar o míssil lançado pela Coreia do Norte "se estiver vindo em direção ao nosso território ou ao território de nossos amigos e aliados", afirmou Carter ao programa "Meet the Press", na NBC.

(Por Doina Chiacu e Dustin Volz, em Washington, e Jack Kim, Tony Munroe and Ju-min Park, em Seul)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters