Reuters internacional

Bandeira norte-coreana na Missão Permanente da Coreia do Norte em Genebra. 02/10/2014 REUTERS/Denis Balibouse/File Photo

(reuters_tickers)

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte disse nesta quinta-feira que é seu direito soberano "punir cruelmente" cidadãos norte-americanos detidos por crimes contra o regime do governo norte-coreano, dizendo que a descrição feita pela mídia dos Estados Unidos das prisões como uma estratégia de barganha é "pura ignorância".

A agência de notícias da Coreia do Norte KCNA disse que os crimes cometidos pelos norte-americanos detidos recentemente serão revelados em breve. Dois cidadãos norte-americanos ligados a uma universidade privada na capital da Coreia do Norte foram detidos no último mês.

(Reportagem de Jack Kim e Ju-min Park)

Reuters

 Reuters internacional