Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Míssil balístico internacional Hwasong-14, em Pyongyang, em foto divulgada pela mídia estatal norte-coreana. 04/07/2017 KCNA/via REUTERS

(reuters_tickers)

Por Christine Kim e Jack Kim

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte afirmou nesta terça-feira que realizou pela primeira vez um teste bem-sucedido do lançamento de um míssil balístico intercontinental, cujo trajeto especialistas disseram permitir que atinja o Estado norte-americano do Alasca.

O lançamento ocorreu dias antes de encontro dos líderes do G20 previsto para discutir os passos necessários para controlar o programa de armas da Coreia do Norte, que o país tem dado continuidade em desafio às sanções do Conselho de Segurança da ONU.

O lançamento, que a mídia estatal norte-coreana disse ter sido ordenado e supervisionado pelo líder Kim Jong Un, enviou o foguete a 933 quilômetros, alcançando uma altitude de 2.802 quilômetros em um tempo de voo de 39 minutos.

A Coreia do Norte havia dito querer desenvolver um míssil equipado com uma ogiva nuclear capaz de atingir o território continental dos Estados Unidos.

(Reportagem adicional de Soyoung Kim em Seul, Kiyoshi Takenaka eElaine Lies em Tóquio, Ben Blanchard em Pequim e Ayesha Rascoe em Washington)

Reuters